3 PISCINAS INCRIVEIS

Golden Nugget Hotel – Las Vegas, Estados Unidos

Num complexo de piscinas que custaram mais de $30 milhões, convivem 16 tubarões de cinco espécies diferentes e o mais impressionante é que é possível estar entre os tubarões quando desce por um tobogã desce os 3 andares do hotel e corta um aquário de 200 mil litros de água onde estão os bichinhos  Vamos torcer para que você vá rápido demais para não perceber o que está à espreita em torno de você, hahaha

ImagemImagemImagem

Nadando com os tubarões….aiaiai

Imagem

Hotel San Alfonso del Mar – Algarrobo, Chile

Neste hotel está a maior piscina do mundo: com mais de um quilômetro de comprimento e 250 mil metros cúbicos de água, ela entrou no livro Guiness dos recordes. Pode-se até velejar nesta piscina, que acompanha uma longa e larga praia de areias brancas frente ao Pacífico. Mas se você está curioso para que fazer uma piscina tão grande, se você está do lado do mar? A resposta é que as águas geladas do oceano justificam o investimento de u$ 3,5 milhões. A piscina utiliza a água do Oceano, que é dessalinizada e aquecida para garantir o conforto dos turistas. A profundidade em alguns pontos chega a 3m. Em tanto espaço, dá para fazer muito mais que nadar: andar de caiaque, vela, mergulhar ou simplesmente vagar sobre uma bóia. À noite, quem não quer se aventurar em meio ao vento que vem do Oceano, pode se deliciar na piscina coberta, que fica envolta numa ampla pirâmide de vidro. Verdadeiros banhos relaxantes.
Imagem
ImagemImagemImagemImagem

Hotel Marina Bay Sands – Cingapura.

Extrapolando os limites, o arquiteto Moshe Safdie projetou a maior piscina aérea do mundo,150 metros de comprimento, no topo de um de um arranha–céu de 200 metros de altura. Trata-se do hotel de arquitetura arrojada,  o “Skypark” A piscina dá a impressão de ter sido construída no convés de um navio, estrategicamente colocado sobre três prédios que lembram colunas. Nadar na grande piscina não é tão arriscado quanto parece. Enquanto a água “infinita” dá a impressão de terminar em um despenhadeiro, na verdade ela escorre para uma espécie de canal, de onde é bombeada de volta.


Imagem
ImagemImagem

 

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s